Quarta, 01 de Dezembro de 2021 21:41
(45) 99927-6758
Dólar comercial R$ 5,68 0%
Euro R$ 6,43 0%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.044%
Bitcoin R$ 342.716,74 +0.611%
Bovespa 101.315,06 pontos -0.59%
Economia Retomada

Foz do Iguaçu acelera economia com turismo e novos empregos

Cidade teve aumento nos visitantes no feriado da Proclamação da República, repetindo quatro últimos feriados prolongados.

17/11/2021 13h42 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Da Redação com AMN
Foto: Christian Rizzi/PMFI
Foto: Christian Rizzi/PMFI

O avanço da vacinação já reflete na atividade econômica em Foz do Iguaçu, avalia o prefeito Chico Brasileiro, que aponta o turismo somado às políticas públicas como fundamentais para diminuir as desigualdades sociais que recrudesceram durante a pandemia.

"Todas as políticas públicas - habitacional, saúde, educação e segurança - são importantes para fazer frente ao desequilíbrio que estamos enfrentando", afirmou nesta terça-feira (16). Chico Brasileiro destacou o aumento da visitação nos atrativos e na ocupação dos hotéis durante o quarto feriado consecutivo, que resulta na abertura dos novos postos de trabalho.

A cidade, segundo constatou o prefeito, teve aumento nos visitantes nos últimos três dias, repetindo os últimos quatro feriados prolongados, refletindo na geração de empregos em Foz do Iguaçu. "A média de empregos da agência do trabalhador nunca alcançou o atual patamar", disse.

"São quase 300 ofertas diárias de emprego em média. Teve dia que chegou a 315 ofertas de emprego. Isso é muito positivo tanto para quem procura um emprego, como para o empresário que encontra uma equipe qualificada para fazer o encaminhamento das pessoas em condições de trabalhar nas empresas da cidade", disse.

Imunização

Outro fator destacado por Chico Brasileiro é a vacinação em alta, que integra a política pública de Foz do Iguaçu. "Foz já está com 95% da população adulta, acima de 18 anos, vacinada com a segunda dose e já passamos dos 71% da população em geral", disse ele, ao apontar a vacinação como resultado para o aumento da atividade turística.

O prefeito atenta ainda para a importância da segunda dose da vacina ao citar que países europeus que não chegaram a 60% da população vacinada enfrentam o retorno dos casos e mortes pela covid. "A Alemanha está tendo mais de três mil mortes por dia e a Rússia também com grande número de óbitos. Isso porque não tomaram a vacina da forma adequada".

"O Brasil se mobilizou e foi rápido. Aos trabalhadores da saúde, meus parabéns. Estamos vacinando de quatro a cinco mil pessoas por dia no meio da semana. Teve dia que vacinamos 12 mil pessoas. Isso tudo está trazendo segurança sanitária para Foz do Iguaçu, faz a cidade crescer, ir para frente e tenho certeza que os próximos meses e o próximo ano serão de grande pujança para o município", completou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias