Quarta, 01 de Dezembro de 2021 21:49
(45) 99927-6758
Saúde Saúde

Multivacinação na fronteira amplia cobertura vacinal entre moradores e estrangeiros

Centenas de pessoas passaram pelo evento na manhã de hoje (19) na região da Vila Portes; doses contra Covid-19 e outras que integram o calendário vacinal foram ofertadas à população.

19/11/2021 12h33
Por: Redação Fonte: AMN
Divulgação
Divulgação

Moradores de Foz do Iguaçu e estrangeiros aproveitaram a manhã desta sexta-feira (19) para garantir a proteção conta a Covid-19 e também atualizar a carteira de vacinação, com as doses da tríplice viral, influenza e febre amarela, ofertadas durante uma ação promovida pelo Ministério da Saúde, com apoio da Secretaria de Estado e Secretaria Municipal da Saúde. 

O evento, que começou às 9 horas e seguirá até as 17h na Rua Santo Rafagnin, região da Vila Portes, oferta também testes rápidos de antígeno para detecção da Covid-19. “É mais uma grande ação que auxilia na ampliação da nossa cobertura vacinal, além de oportunizar a vacinação para estrangeiros, especialmente paraguaios e argentinos”, comentou a secretária de saúde do município, Rosa Maria Jerônymo. 

São ofertadas vacinas para adolescentes e adultos, primeira e segunda dose, além da dose de reforço. “Vimos neste evento a oportunidade de garantir também a segunda dose para aqueles moradores que estão com a imunização em atraso”, disse Rosa. Aqueles que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid também deixaram o evento com a data de retorno agendada para uma unidade de saúde de Foz do Iguaçu. 

Oportunidade

Quem aproveitou a oportunidade foi a estudante argentina Nerina Iraquen, de 18 anos, que recebeu a primeira dose contra a Covid e outras vacinas do calendário. “Vi a notícia na TV sobre essa ação e cheguei cedo, às 7 horas da manhã. Como eu moro em Foz, mas toda minha documentação é argentina, não consegui tomar a primeira dose no Brasil”, explicou. A estudante também levou a irmã, Indira, de 15 anos para a ação. “Pra nós duas é uma grande oportunidade”, resumiu. 

A paraguaia Graciela Gonzales (foto), de 18 anos, também esteve no evento e recebeu a primeira dose do imunizante. “Agora estou mais aliviada e feliz por conseguir essa proteção”, disse. 

A ação também recebeu famílias inteiras, como a da dona de casa Angélica de Lima, 35. Casada com um paraguaio e com dois filhos com dupla nacionalidade, a brasileira demonstrou felicidade ao ver o filho de 14 anos sendo vacinado. “Graças a Deus, agora fico mais tranquila, porque ele se vacinou e eu e meu marido vamos aproveitar para tomar a vacina da gripe”, contou. 

Este é o segundo evento promovido pelo Ministério da Saúde em Foz do Iguaçu. O primeiro, de testagem em massa da população, aconteceu no dia 17 de setembro. Na ocasião, 16 mil testes de antígeno foram disponibilizados ao município, que oferta os exames para a população na Unidade de Saúde Padre Ítalo, no Porto Meira.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias