Quarta, 01 de Dezembro de 2021 22:10
(45) 99927-6758
Saúde Fronteira

Ministro da Saúde garante o fortalecimento da vacinação em cidades de fronteira

Marcelo Queiroga participou do evento de multivacinação em Foz do Iguaçu e destacou a atuação dos dois países no enfrentamento à pandemia.

20/11/2021 08h42
Por: Redação Fonte: Da Redação com AMN
Divulgação
Divulgação

O Ministro da Saúde Marcelo Queiroga destacou a atuação de Foz do Iguaçu no enfrentamento à pandemia e a união de esforços com o Paraguai para garantir a ampliação da cobertura vacinal na região de fronteira. 

A fala do ministro foi no evento de Multivacinação, realizado nesta sexta-feira (19) na região da Vila Portes, próximo a aduana brasileira na Ponte Internacional da Amizade. 

Queiroga também garantiu o fortalecimento da vacinação em cidades-gêmeas para ampliar a imunização e evitar uma terceira onda da doença. "Graças a uma estratégia diversificada do governo federal, estamos hoje próximos ao final do ano, ofertando também a dose de reforço para toda a população acima de 18 anos que tenha recebido a segunda dose há pelo menos cinco meses”, disse. 

“Queremos ainda ampliar a vacinação com o Paraguai e fortalecer a segurança sanitária nas fronteiras, evitando assim uma terceira onda da doença e garantindo a imunização entre os moradores", destacou o ministro.

Promovido pelo Ministério da Saúde, Secretaria de Estado e Secretaria Municipal da Saúde, o evento de multivacinação também contou com a presença do ministro da saúde do Paraguai, Julio Borba Vargas, do diretor geral da SESA, Nestor Werner Junior, representando o secretário Beto Preto, do prefeito Chico Brasileiro e da secretária municipal de saúde Rosa Maria Jerônymo. 

Durante a solenidade, Brasileiro agradeceu ao governo federal por tornar Foz do Iguaçu uma referência em vacinação e enfrentamento à Covid-19. "Mais uma vez o ministro vem a Foz fortalecer esse laço entre Brasil e Paraguai. Estamos avançando com a retomada econômica e do turismo graças à vacinação e ao compromisso do Ministério da Saúde, que teve um olhar especial pela nossa região", afirmou o prefeito. 

Cenário

O Brasil chegou a 300 milhões de vacinas aplicadas nesta sexta-feira. Desde o início da campanha de vacinação, em janeiro, Foz do Iguaçu atingiu 108,6% de cobertura vacinal com a primeira dose ou dose única e 96,7% com a segunda dose entre a população adulta. A cobertura entre adolescentes chegou a 78,67% com a primeira dose.

Balanço

Durante todo o dia, moradores ou estrangeiros que passaram pelo evento puderam se vacinar contra a Covid-19 e também atualizar a carteirinha de vacinação com as doses da Tríplice Viral, Febre Amarela e Influenza. Iguaçuenses com a segunda dose em atraso também puderam completar a imunização hoje, durante a ação na Vila Portes. 

Foram aplicadas 517 doses de vacina contra covid, sendo 81 para moradores do Paraguai e Argentina; 103 contra influenza, das quais 19 para estrangeiros; 50 contra febre amarela, sendo 20 para estrangeiros; e 34 contra tríplice viral, destas 2 para estrangeiros. Também foram feitos 120 testes rápidos para a detecção do coronavírus, dos quais 7 deram resultado positivo. 

O Paraguai também realizou uma ação, ofertando vacinas contra a Poliomielite, Sarampo e Covid. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias