Sexta, 20 de Maio de 2022 14:08
(45) 99927-6758
Foz do Iguaçu Covid-19

Foz do Iguaçu inicia vacinação das crianças de 5 a 11 anos nesta quarta-feira (19)

Na primeira fase da imunização do público infantil, serão vacinadas crianças com comorbidades e deficiência permanente, mediante agendamento prévio no site da prefeitura.

18/01/2022 13h26
Por: Redação Fonte: Da Redação com AMN
Foto: Christian Rizzi / PMFI
Foto: Christian Rizzi / PMFI

Quase um ano exato após o início da campanha de vacinação em Foz do Iguaçu, a Secretaria Municipal de Saúde começa a vacinar nesta quarta-feira (19) crianças de 5 a 11 anos de idade, um importante público para aumentar a imunização da população da cidade.

Nesta primeira etapa da vacinação infantil, seguindo o cronograma do Ministério da Saúde, serão vacinadas as crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades e deficiência permanente, com agendamento prévio pelo site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br). A primeira dose será aplicada às 8h, na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Yolanda.

“A vacinação das crianças estava sendo muito aguardada e é mais um importante passo para vencermos esta pandemia. Existem, sim, crianças que estão se contaminando, e a vacina tem sido muito eficaz para o não agravamento da doença”, afirma a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônymo.

Foz do Iguaçu recebeu 1.730 vacinas destinadas ao público infantil. A aplicação das doses das crianças será feita em nove unidades de saúde do município: UBS São João, Sol de Maio, Vila Yolanda, Maracanã, Padre Monti, Profilurb II, Vila C Nova, AKLP e Campos do Iguaçu.

Documentação

Somente serão imunizadas as crianças que moram em Foz do Iguaçu, mediante agendamento prévio pelo site. Os pais devem portar documento pessoal com foto, além de documento (RG, CPF e cartão SUS) ou certidão de nascimento da criança, para comprovar o parentesco, e comprovante de endereço. Crianças que não estiverem com o pai e/ou mãe deverão apresentar autorização por escrito (o modelo ficará disponível no site da prefeitura).

Para comprovar a comorbidade, os pais poderão levar exames ou laudos médicos que comprovem a condição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias